Caminhos do Vinho Verde

Participando na iniciativa da FCBP- Federação das Confrarias Báquicas de Portugal de, conjuntamente com o ACP Clássicos, iniciar um projecto de Passeios de Automóveis Antigos a realizar em cooperação com as Confrarias associadas, sob direcção e orientação técnica do ACP Clássicos, foi feita:
Uma experiência em 9/ 6 /2012, com a colaboração da Confraria Enófila de Nª Senhora do Tejo
Uma experiência em 5 /10 /2012, com a colaboração da Confraria do Vinho Verde

A Cúria Báquica considerou que este Passeio de Automóveis Antigos fosse tido como um exemplo de percurso ligando esta actividade de rotas de carros antigos a uma das possíveis modalidades dos "Caminhos do Vinho Verde", com passagem por quintas dos seus Confrades, focando assim um dos seus fins, o Enoturismo, numa associação de duas actividades de Qualidade e Prestígio. Esteve sempre presente para os condutores a recomendação " se conduzir não beba".

O Passeio de Automóveis Antigos, com o título "Caminhos do Vinho Verde" partiu da Exponor, em Leça da Palmeira, e fez a sua primeira paragem na Quinta de Santa Maria, em S. Miguel da Carreira, Barcelos, do nosso Confrade Dr. António Vinagre. Depois seguiu-se para Geraz do Lima, onde se visitou o Solar de Louredo, do nosso Confrade Sr. Armindo Fernandes, indo almoçar ao Solar de Merufe, do nosso Confrade Sr. Jaime Riba. Depois seguiu-se a visita ao Museu de Carros Antigos na Quinta de S. Leocádia. Iniciou-se o regresso à Exponor, onde corria o Salão Auto Clássico 2012. Aí, trajados, servimos um Verde de Honra com Vinhos dos Confrades e visitamos a exposição de automóveis antigos.

Este passeio teve uma larga participação de sócios do ACP Clássicos e de Confrades, mesmo sem terem carro antigo, conheceram-se quintas produtoras e os seus proprietários, provaram-se e compraram-se vinhos. Foi uma agradável maneira de passar um dia diferente.

Esperamos que esta experiência permita a inscrição da Confraria do Vinho Verde com novos percursos a descobrir no calendário anual do ACP Clássicos e que seja o ponto de partida desta e de outras modalidades de Enoturismo a incluir nos "Caminhos do Vinho Verde".